quarta-feira, 2 de abril de 2014

Grande pensador- Jean Piaget

Fase->Sensório- motor (0 - 18/24 meses) no pensamento do grande pensador Jean Piaget.

 A busca visual é um comportamento sensório-motor e é fundamental para o desenvolvimento mental, pois este tem que ser aprendido antes de um conceito muito importante. Piaget provou que a criança não pensa como adulto e sim constroem o próprio aprendizado. Para Piaget, educar, é "provocar atividade".
O professor não dever imaginar e pensar no que pode ser a criança, ou seja, o que a criança é, mas, sim no que ela pode se tornar.



Foto-Edineia

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Chegando o Natal....

O bom velhinho está chegando para alegrar a criançada....
HO! HO! HO!





Edineia..."artes com papelão"

Edineia ..."artes com papelão"

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Garrafa Pet

Gilce e Cláudia desenvolveram esse belíssimo trabalho com garrafas pet, e como gosto de artes,
ajudei com os girassóis.

Trabalho concluído e muito lindo.




Artes. Edineia e Gilce     (2013)


Edineia

Artes...Edineia e Gilce


                                                    A casinha da Gilce e Claudia ficou linda.


Tulipas que fiz para minha amiga Dani.....

"Dani, que nossa amizade seja mais forte que tudo de ruim".
amém.





domingo, 6 de outubro de 2013

Flauta doce...

A música, meus filhos e os instrumentos são de maior riqueza para mim. Quando estou estressada, cansada, toco  flauta doce, teclado, violino e violão e ainda beijo-beijo-beijo e abraço minha mocinha que é minha filha, meu tudo.

E na escola...........

Nova melodia está arrasando, pois o grupo de flauta é de+.
Toquei, os alunos ouviram, gostaram e também estão tocando.
Aleluia
"Hallelujah" é uma música do cantor canadense Leonard Cohen".

video

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Dia da árvore e início da primavera.

Dia da árvore e início da Primavera.


Prima Vera  no aniversário da Árvore Ariel.

Ariel faria mais um aninho para juntar com os tantos outros que já viveu. As velinhas prontas para a festa, a floresta toda em festa e esperando a chegada hora.
Bolo não precisariam esperar, pois sabiam que Ariel guardara os mais deliciosos frutos para oferecer aos convidados.
Chegou o momento da chamada e Ariel percebeu que uma pessoa importante estava faltando. Onde será que estaria sua Prima Vera?

Nem deu tempo de Ariel começar deixar as lágrimas caírem, de longe sua prima gritava:
-Parabéns pra você, nesta data querida. Viva! Viva! Viva Ariel!
Todos que ali estavam, aplaudiam e a festa já estava linda. Ariel muito emocionada pediu um minuto de silencio, queria falar algo muito interessante.
Puxou de seu bolso um papel enorme enrolado como mapa de piratas. Leu  para todos  os amigos que estavam em sua festa o que desejaria ainda no presente e para o futuro.
-Deixarei aqui meu testamento para que fique ao conhecimento de todos vocês.
-Darei sombra aos que estão cansados e queimados pelo sol.
Os frutos deixarei para matar a fome dos pássaros, animais e do homem.
Minhas folhas deixarei para filtrar o ar que todos respiram.
Meus galhos servirão para morada das aves e outros pequenos animais.
Minhas flores darei a minha Prima Vera para que todo ano nessa época, ela possa me acompanhar e enfeitar os campos, as ruas e  os jardins. Quero que minha prima espalhe o perfume para alegrar as crianças, os jovens, os velhos.
E assim ...
Ariel terminou seu testamento, pediu para que a natureza tocasse a mais bela melodia para que seu aniversário continuasse.
E para sempre no dia do aniversário da árvore Ariel, sua Prima Vera irá comparecer. Ela tem um compromisso com a natureza. Nessa época do ano ela tem o compromisso de espalhar flores em toda parte. Ariel quer ver as pessoas festejando e falando assim:
-Oba! A primavera chegou trazendo as mais perfumadas flores.
(Texto de: Edineia da Silva Cortonez Vieira)


Painel para receber essa data importante.

Edineia Cortonez Setembro 2013.




quarta-feira, 4 de setembro de 2013

SEMANA DA PÁTRIA

Foto da hora: Edineia e suas grandes observações.

Andando e como sempre observando, alguma coisa molhada no chão me chamou atenção. Parei, olhei e sem perder muito tempo, registrei o que meus olhos contemplavam.
Nossa! Um tanto de água?
Uma terra molhada?
Foi incrível, isso que aconteceu.
Perfeito o que a própria natureza fez e justamente na semana da Pátria, talvez não usou corretamente os pequenos traços e curvas, mas está aí, o  MAPA DO BRASIL.
Lindo! 
Perfeito!
D+!

Edinei@




______________________________________________________
_______________________
______________________________


PÁTRIA?

PÁTRIA É:
PESSOAS,
ANIMAIS,
PLANTAS,
RIOS.

PÁTRIA É:
O AR QUE RESPIRAMOS,
A TERRA QUE PISAMOS,
O ALIMENTO QUE COLHEMOS
PARA MATAR A FOME,
PARA REPARTIR COM O IRMÃO.

O QUE FALTA AMADA PÁTRIA?
O PLANETA ESTÁ PERDENDO  O AMOR,
ESTÁ PERDENDO A HUMILDADE,
A PAZ  ESTÁ FRAQUINHA,
AS POLUIÇÕES JÁ NÃO SÃO MAIS SÓ AS QUEIMADAS.
O DESMATAMENTO É AMPLO.
 ONDE ESTÃO GUARDANDO OS ANIMAIS?


O PLANETA HOJE TEM FALTA DE PUREZA.
O PLANETA HOJE TEM MENTES POLUÍDAS.
 AUMENTOU OS IGNORANTES QUE DESMATAM O SENTIMENTO DA ALMA,
MALTRATANDO A SI MESMOS, AOS OUTROS.
O PLANETA HOJE MUDOU,
MUDOU...
MUDOU...


A VINGANÇA E A GUERRA AUMENTARAM NOS ÚLTIMOS ANOS,
NOSSA PÁTRIA AMADA
SOFRE.
AS PESSOAS SOFREM,
OS ANIMAIS SOFREM,
A NATUREZA SOFRE.

E NESSA LUTA SOFRE TAMBÉM O POETA,
SOFRE DE DOR,
SOFRE COM AS PALAVRAS,
COM AS FRASES QUE PRECISA ESCREVER.
O POETA QUERIA SONHAR E AO ACORDAR PERCEBER QUE TUDO
ERA UM SONHO.
MAS O POETA NÃO SONHOU.
ELE TEM CERTEZA QUE PRECISOU RECLAMAR.
TEM CERTEZA QUE UM NOVO DIA VIRÁ.
O POETA ACREDITA NO FUTURO MELHOR,
ELE QUER FAZER POEMAS DIFERENTES,
COM GENTES DIFERENTES, COM TODAS AS CORES E MAGIA.
QUER SENTAR COM AS CRIANÇAS E OUVIR DE CADA UMA,
O MOTIVO DE VIVER.
O MOTIVO DE AMAR,
E SER AMADO.


POETA NÃO CANSA DE ESCREVER O QUE SENTE,
SE ELE NÃO ESCREVE FICA COM A ALMA DOENTE.
A ALMA PRECISA DESCANSAR,
PRECISA DE REMÉDIO.
E O REMÉDIO CHEGA E CURA
NO MOMENTO EM QUE
ELE SENTOU E ESCREVEU.

AJUDA O POETA, LEIA E AMA SUA PÁTRIA.
É HORA DE MUDAR.
JÁ FIZ MINHA PARTE, ASSIM DIZ O POETA!
            (Autora: Edineia S. Cortonez Vieira 09.2013)



______________________________________________________
_______________________
______________________________